LP Matías Pizzaro – Pelo de Rata

R$339,00

Estado: Importado / Novo

Ano reedição: 2022

Enviamos para todo o Brasil.

Lançamento 1975

 

Disponível por encomenda

LP Matías Pizzaro – Pelo de Rata é originalmente lançado em poucas quantidade em 1975 pelo selo Promusica.

Pelo de Rata foi a estreia de um talento considerável do jazz sul-americano, Matias Pizarro.

Pianista e compositor de alguma habilidade e talento, sua produção infelizmente fica muito aquém de alguém que exibe uma habilidade tão natural de evocar um estilo tão idiossincrático de jazz, repleto de melodias pensadas, porém simples, e ritmos de condução.

Nascido no Chile em 1949, Piazarro tornou-se um dos líderes da nova escola do jazz chileno do final dos anos 1960.

Como músicos de jazz de todo o mundo da época, foi influenciado pelos sons elétricos de Miles Davis e do grupo de músicos que se uniram em torno do Príncipe Negro.

Pizarro também se baseou em ritmos e texturas locais e juntou-se a outros chefes de jazz sul-americanos para formar um grupo chamado Fusion.

Ele apresentava David Estánovich (sax tenor), Lautaro Rosas (guitarra), Enrique Luna (baixo), Mario Lecaros (piano elétrico) e Orlando Avendaño (bateria).

Eles foram uma das bandas divisoras de águas do jazz sul-americano e lançaram um álbum chamado ‘Top Soul’ que é altamente colecionável.

É considerado um artefato crucial no amadurecimento do jazz das Américas durante um período particularmente conturbado.

Infelizmente, como grande parte da América Latina e do Sul, o Chile foi vítima da ditadura militar na década de 1970.

Depois que a CIA apoiou a derrubada do presidente Salvador Allende pela junta militar chefiada pelo general Augusto Pinochet (ele governaria até 1993).

A expressão artística nessa época era repleta de dificuldades, com muitos escritores, artistas e músicos presos ou assassinados pelas forças militares.

Ditaduras e jazz tendem a não se misturar.

Peso1 kg
Carrinho de compras